A pergunta que vale um milhão: Quem sou eu?

 

A pergunta que vale um milhão

Quem és tu? Com certeza que já lhe colocaram esta pergunta várias vezes. Talvez até já a tenha colocado asi próprio.
Uma pergunta que parece simples, mas é provavelmente a mais complexa de todas. E porquê? Porque há uma
tendência para nos definirmos com o que fazemos (sou polícia, sou professor, sou jardineiro), com a nossa orientação
sexual (sou hétero, sou gay), com a nossa religião (sou cristão, sou muçulmano, sou judeu) ou até com os nossos
gostos pessoais. Mas nada disto responde a esta simples pergunta.

Porque nós não somos o que fazemos, não somos as coisas que gostamos. Cada um é o que é, não o que tem ou o que
faz. Cada um é um ser humano em si próprio e não é o exterior que o define.

E isto é importante porquê? Ora bem, será que somos capazes de dar o nosso melhor na nossa vida, de saber
realmente o que queremos, de compreender o mundo, se primeiramente não nos conhecermos a nós próprios?

O autoconhecimento é o primeiro e talvez um dos mais importantes passos para o crescimento e a evolução como
pessoas. Se nos conhecemos a nós próprios, somos capazes de entender melhor as pessoas à nossa volta. Somos
capazes de reconhecer as nossas capacidades e limitações e de estabelecer objetivos e superar desafios de uma forma
mais consciente. O autoconhecimento faz de nós pessoas mais realistas, mais capazes. Seja a gerir as nossas relações,
os nossos objetivos profissionais ou mesmo as nossas emoções.

Alguma fez se sentiu em dúvida sobre o que sentia? Sobre se era capaz? Ou até mesmo sobre quais eram realmente os
seus objetivos, ou se gostava realmente de alguma coisa? Alguma vez agiu impulsivamente, sem realmente
compreender porque agia assim?

Estas dúvidas e situações ocorrem quando não temos bem a noção de quem somos. O autoconhecimento é uma
estratégia, um passo fundamental, para se compreender melhor e ao mundo que o rodeia. É uma maneira de se tornar
íntimo consigo próprio.

O psicólogo pode ajudá-lo na busca pelo autoconhecimento. Através de questões, indagações, o psicólogo atua como
catalisador, ajudando-o a descobrir-se a si mesmo e a ultrapassar as barreiras e bloqueios que o impedem de ser quem
realmente é. Da mesma forma, o coach pode auxiliá-lo, com ferramentas práticas e exercícios especificamente
desenhados para que possa compreender o seu verdadeiro EU.

De que está à espera? O autoconhecimento é o primeiro passo para se tornar a melhor versão de si próprio, para se
tornar consciente de si mesmo e enfrentar a vida na posse de todas as suas capacidades. Procure-nos, faça mais por si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

psicologia psicologia infantil psicologia adulto life coaching business coaching nutrição
%d bloggers like this: