Auto-estima nas crianças

Não nascemos com auto-estima; é algo que se desenvolve ao longo do tempo, com raízes na primeira infância e uma forte ligação às nossas primeiras experiências.

Ao longo da nossa vida, construímos um banco de imagens que reflecte as interpretações únicas e pessoais das nossas experiências e interacções. Enquanto muitas dessas imagens podem ser evocadas, existem muitas outras que transitam para o nosso inconsciente, no entanto, são capazes de influenciar os nossos sentimentos, atitudes ou acções.

As crianças com uma baixa auto-estima, parecem ter muitos padrões fortes de imagens negativas, padrões que contribuem para a histórias que as crianças contam a si próprias sobre quem são.

É possível ajudar uma criança a alterar estes padrões de imagens negativas?

Felizmente, sim. A psicoterapia e acompanhamento Psicológico, ajudam a termos mais consciência de como as nossas imagens afectam o nosso pensamento e comportamento poderá ajudar-nos a tomar decisões mais informadas na vida.

A riqueza e a criatividade da mente inconsciente permite criamos novas imagens que podem substituir ou tornar-se mais importantes do que aquelas formadas no passado e que não tem utilidade para o nosso bem-estar e desenvolvimento.

Quando uma criança altera a história que está a contar de si própria, altera de forma gradual as imagens do consciente que influenciam o seu comportamento e começara a agir de forma congruente com os novos pensamentos e crenças.

depositphotos_38850295-stock-illustration-kids-playing-with-the-rainbow.jpg

Benefícios da Psicoterapia na auto-estima

  • Reforça as defesas;
  • Restabelece o equilíbrio emocional;
  • Promove a facilidade de aprendizagem;
  • Melhora o senso crítico;
  • Aumenta o crescimento emocional;
  • Melhora a auto – estima e auto – imagem;
  • Melhora a adaptação ao meio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

psicologia psicologia infantil psicologia adulto life coaching business coaching nutrição
%d bloggers like this: