Revisão de estudos científicos sobre o Reiki

Reiki é uma terapia complementar holística, ou seja, compreende o indivíduo como um todo. Este método visa harmonizar e equilibrar, desenvolvendo, dessa forma, um ambiente propício à cura e à recuperação.

O Reiki está cada vez mais presente em hospitais e clínicas, como complemento dos cuidados de saúde prestados nessas unidades, os estudos sobre os efeitos desta terapia ganham uma nova importância. Apesar da base do Reiki ser espiritual e de desenvolvimento pessoal, a análise e confirmação dos seus benefícios é positiva para a correcta integração desta terapia no contexto clínico.

Até ao momento são poucos os estudos científicos sobre o reiki, e a sua fiabilidade muitas das vezes prende-se pela sua metodologia. Vários estudos realizados, refere os benefícios mais frequentes do Reiki, como a redução da ansiedade e da dor, o aumento do bem-estar, a redução da fadiga e um maior relaxamento.

Exemplos de estudos que demonstraram a utilidade do Reiki em diferentes situações:

“Efeitos do Reiki ao nível da dor, ansiedade e parâmetros hemodinâmicos no pós-operatório de cesarianas: um estudo clínico aleatório e controlado.“

Os resultados desta investigação demonstraram que a aplicação de Reiki reduziu a intensidade da dor, a ansiedade e os valores relativos à respiração, assim como a necessidade de analgésicos. O estudo recomenda a aplicação de Reiki para reduzir a dor e a ansiedade nas mulheres sujeitas a uma intervenção por cesariana.

 “Uma sessão de Reiki em enfermeiras diagnosticadas com síndrome de Burnout tem efeitos benéficos sobre a concentração de IgA salivar e a pressão arterial.“

Este estudo duplo-cego, randomizado e controlado por placebo, concluiu que uma sessão de Reiki de 30 minutos consegue produzir uma melhoria imediata e estatisticamente relevante a resposta de IgAs e da pressão arterial diastólica em enfermeiras com síndrome de Burnout.

“Os efeitos da terapia Reiki na dor e ansiedade de pacientes que frequentam uma unidade oncológica e de infusão de dia.“

O estudo conduzido em 118 pacientes com cancro revelou que as sessões de Reiki foram úteis para a melhoria do seu bem-estar, relaxamento, alívio da dor, qualidade do sono e redução da ansiedade, concluindo que disponibilizar a terapia Reiki em hospitais pode dar resposta às necessidades físicas e emocionais dos pacientes.

“O Reiki melhora a homeostase da frequência cardíaca em ratos de laboratório“Os resultados apontaram para uma redução significativa da frequência cardíaca, sugerindo um efeito homestásico do Reiki e concluindo que o Reiki é eficaz na modulação da frequência cardíaca em ratos stressados e não stressados, suportando o seu uso como redutor do stress em humanos.

Marque já a sua Sessão de Reiki

Bibliografia a consultar
National Library of Medicine National Institutes of Health dos EUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

psicologia psicologia infantil psicologia adulto life coaching business coaching nutrição
%d bloggers like this: