O Corpo reflecte o seu drama

É urgente parar, vivemos em constante correria, parece que ligamos o piloto automático e nunca mais paramos, até que o corpo cede.

Muitas vezes ouvimos “… depois do divórcio emagreceu…” ou “… isso que está a sentir é fruto da sua cabeça…”. Ou seja, é frequente depois de termos passado por alguma situação “stressante” que o nosso corpo ceda às emoções.

O Corpo e a mente funcionam como um todo, se uma pessoa não se encontra emocionalmente bem ela pode desenvolver as chamadas doenças psicossomáticas. São aqueles sintomas físicos, sem causa aparente, em que a pessoa somatiza no seu corpo as suas fragilidades emocionais e mentais, resultantes da sua angústia, ansiedade, depressão entre outras.

Por exemplo, quando sofremos uma pressão constante no nosso trabalho, ou perdemos, vivemos diariamente em constante alerta, tristeza, ansiedade, o seu estado mental e emocional acaba afetando o seu corpo.

Deve estar atento aos primeiros sinais de alerta, como:

  • Dores de cabeça frequentes
  • Sensação de nó no peito
  • Taquicardia
  • Falta de ar constante
  • Falta de energia
  • Sensação de tristeza sem causa aparente
  • ….

Estes são apenas alguns sinais iniciais de doenças psicossomáticas, são os primeiros sinais de alerta e que se permanecerem por bastante tempo, o melhor é procura ajuda de profissionais. Procure ajuda de um especialista de forma a não adiar o tratamento e agravar o estado de saúde.

Para as doenças psicossomáticas, o ideal é acompanhamento psicológico ou psiquiátrico, de forma a tratar a causa do problema.

Lembre-se, procure ajuda, não está e não o faça sozinho.

Força, estamos aqui para ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

psicologia psicologia infantil psicologia adulto life coaching business coaching nutrição
%d bloggers like this: