Dicas para aliviar a solidão e depressão no idoso

Como seres humanos, esforçamo-nos para viver de forma saudável e buscar o sucesso e a felicidade. É preciso haver um equilíbrio entre o bem-estar físico e mental. Quando pensa no bem-estar do idoso, geralmente está associado à saúde física ou à prevenção da demência, mas muitas vezes esquecemos que os idosos também podem lutar contra a solidão e a depressão.

À medida que envelhecemos, às vezes ocorrem mudanças que podem nos causar stress e tristeza. A transição do trabalho para a reforma, a morte de um ente querido ou o diagnóstico de uma doença podem nos deixar inquietos, ansiosos, infelizes e contribuir para a depressão ao longo do tempo. 

Alguns sintomas de depressão são:

  • perda de interesse em actividades normais
  • sentindo-se triste, infeliz ou vazio
  • mudanças no apetite
  • sentindo-se sem valor ou culpado
  • ansiedade ou inquietação
  • dificuldade em dormir, insónia ou dormir demais
  • reacções irracionais ou explosões de raiva
  • dificuldade em concentrar-se ou tomar decisões
  • pensamentos suicidas ou morte
  • dor inexplicada

A depressão em idosos é mais difícil de identificar, porque às vezes eles têm sintomas diferentes em comparação com um grupo mais jovem. Alguns idosos podem ter menos sintomas óbvios do que tristeza, portanto, estão menos dispostos a verbalizar os seus sentimentos e os médicos podem não ser capazes de reconhecer que podem ter depressão.

Sintomas comuns de depressão em idosos são mais propensos a serem:

Constantemente cansado

Problemas para dormir

Facilmente irritável

A solidão também é uma enorme razão pela qual a depressão é comum entre os idosos. O contacto social diminui à medida que as pessoas envelhecem, muitas das vezes devido à falta de mobilidade, reforma e outras razões que levam a taxas mais altas de isolamento social. Os estudos também mostram que a solidão é um enorme factor de risco para depressão, aumentando o sentimento de infelicidade e inutilidade. Por isso, é importante olhar para estes sintomas e aliviá-los antes do tempo para si ou para o seu ente querido.

Segue uma lista de ferramentas e actividades que podem ajudar a aliviar a solidão e a depressão e promover o bem-estar do idoso.

Aprender um novo hobby ou actividade: esta sempre a tempo de aprender algo novo, ou fazer algo que há muito queria mas não tinha tempo, é bom ter algo para mantê-lo entusiasmado e ansioso diariamente. 

O Tai chi: Sabia que esta arte marcial foi nomeada o exercício perfeito para idosos. Esta arte marcial chinesa combina o aumento do poder muscular e melhora a função cardíaca, tornando-se um exercício suave para os idosos manterem uma boa saúde.

Dançar: As aulas semanais podem se tornar uma rotina e os hábitos podem proporcionar uma sensação de conforto. A dança também é uma actividade social, por isso escolher uma turma orientada para idosos pode ajudar a aumentar o movimento e a mobilidade dos músculos.

Coros: Se gosta de cantar, é uma óptima maneira de aprender a cantar com um grupo, cantar tem efeitos psicológicos positivos, estimula a liberação de endorfinas, que são as substâncias químicas “felizes” no cérebro!

Adoptar um animal de estimação: Possuir um animal de estimação promove amor incondicional e companheirismo, dando aos idosos um senso de propósito! Também incentiva a um estilo de vida mais activo e aumenta a interacção social. 

Apoio da Família e Amigos

Esteja ciente da interferência do ego, os idosos podem estar muito orgulhosos ou envergonhados para admitir ou pedir ajuda, com medo de se tornar um fardo para a família.

Arranje tempo para actividades sociais: é importante permanecer social. As pessoas deprimidas muitas das vezes sentem-se melhor quando estão perto de outras pessoas.

Incentive o tratamento para a depressão: Procure ajuda de um profissional.

Fique atento aos sinais de alerta de suicídio

Ofereça apoio emocional, seja um ouvinte paciente e compassivo e faça com que saibam que não estão sozinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Reablitação do idoso alzaimer
%d bloggers like this: